Nosso compromisso é fazer com que crianças e adolescentes se interessem pela literatura e cresçam em caráter, aliado ao conhecimento.

edimilsopimentel2017@gmail.com

                                                                ISLANDIA

A Islândia tem a menor taxa de homicídios do mundo, de acordo com o website do Maps os World. Trata-se de um país localizado em uma ilha, ao noroeste do continente europeu, que tornou-se uma nação independente em 1944. Foi uma das mas bem-sucedidas economias do mundo por décadas, embora o seu sistema bancário tenha quebrado em 2008 como parte da grande recessão global. Agora o país encontra-se no meio de uma reconstrução econômica. Cerca de 323.000 pessoas vivem na Islândia, e a maioria fala a língua nativa, o islandês. A Islândia tornou-se parte da União Europeia em 2009, e não tem forças armadas.

 

ÍNDIA

A Índia tem a segunda menor taxa de criminalidade do mundo, com cerca de 1,63 crimes por 1.000 habitantes. É o segundo país mais populoso do mundo, com aproximadamente 1,2 bilhões de residentes. A Índia é um caldeirão cultural: 18 línguas são reconhecidas como idiomas oficiais do país, incluindo o inglês e o hindi. Muitas religiões são também comumente praticadas, incluindo o hinduísmo, o islamismo, o budismo e o cristianismo. Tem a economia que mais cresce no mundo, embora ainda esteja lutando contra os altos níveis de pobreza. A Índia também produziu a mais fértil indústria cinematográfica, conhecida como "Bollywood".

 

AZERBAIJÃO

O Azerbaijão tem a terceira menor taxa de criminalidade no mundo, com 1,76 crimes por 1.000 habitantes. É um país do Oriente Médio, que antigamente foi parte da União Soviética, até ganhar a sua independência em 1991. O Azerbaijão tem uma população de 8,8 milhões de pessoas, e o país tem lucrado com o seu produto de exportação número um: o petróleo. Os lucros com o petróleo ajudaram a modernizar suas cidades, como a capital, Baku. O islamismo é a principal religião do país, e o azeri e o russo são os dois principais idiomas.

 

Versão para impressão