OS TRES LEÕEZINHOS
Era uma vez, numa determinada floresta, uma leoa-mãe havia dado à luz 3 leõezinhos bem bonitinhos: O Rax, o Rix e o Rex. Um dia o macaco, representante eleito dos animais súditos, malandro e puxa-saco, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e...
 
Você é nosso visitante número:
Visitantes online
O melhor, mais ilustrado e completo site de fábulas e contos do mundo é brasileiro.
 

O CAMINHÃO VAZIO      

Luis Alberto Mecklenburg. Título original: "Envejecer Es Obligatorio, Madurar Es Optativo."

           Caminhava ao lado de meu pai quando ele se deteve em uma curva e, depois de um breve silêncio, perguntou-me:

— Além de ouvir o canto dos pássaros, ouves algo mais?

Apurei a audição e, alguns segundos depois, respondi:

—Estou ouvindo o ronco de um caminhão.

— Certo — disse meu pai.

— Mas é um caminhão vazio.

           Perguntei a ele como sabia que era um caminhão vazio se ainda não o tínhamos visto, ao que ele me respondeu:

— É fácil saber quando um caminhão está vazio... pelo ruído. Quanto mais vazio o caminhão, maior o barulho que faz. Tornei-me adulto e, até hoje quando ouço uma pessoa falar demasiadamente, pelos cotovelos, interrompendo a conversa de todos, sendo inoportuna ou violenta, presunçosa, prepotente e subestimando as pessoas, tenho a impressão de ouvir a voz de meu pai, dizendo: "Quanto mais vazio o caminhão, maior o barulho que faz ". A humildade consiste em calar nossas virtudes e permitir aos demais que as descubram.

SERÁ QUE EU SOU CHATO? OU EGOÍSTA ?

             "Quando eu converso com alguém, gosto de atenção. Por isso, coloco a mão no seu ombro, puxo para bem perto de mim e falo sem parar. Jamais dou espaço a uma pessoa enquanto estou conversando com ela. Eu, hein? Isso ajuda a mantê-la por perto, prendo-lhe a atenção e fica mais difícil que ela vá falar com outra pessoa.      

         Como eu disse, eu gosto de atenção! Mas uma pergunta: Será que sou egoísta ???

        Quando inicio um assunto, gosto de ir nele a fundo, até o final, mesmo que isso signifique falar por 45 minutos sem engolir saliva. Chego até a babar, mas isso me dá um prazer... Nunca permito que interrompam meu raciocínio: falo até o final. Não gosto de interrupções, mas sim de atenção.

       Uma perguntinha: Será que sou chato ??? 

       No tocante à minha apresentação pessoal o que eu não gosto é que desmanchem meu penteado. Sei lá, sabe, este negócio de tocarem em mim não me agrada... Tenho cara de móvel?

      Quando alguém vem falar comigo, o que infelizmente é raro, concedo-lhe no máximo 15 segundos para que prenda a minha atenção. Depois, tomo fôlego, tomo as rédeas e a dianteira e falo, falo, falo. Mas falo muuuuuito. Mas muito mesmo. E ao telefone então... causaria inveja a Graham Bell. O legal a meu respeito, já reparei, é que eu sei como prender a atenção das pessoas. Faço pausas dramáticas, faço rodeios e apartes dentro das lorotas, dou risadas antes de contar uma coisa impressionante, emito locuções tais como:

       "cara, você não vai acreditar..."

        "isso só acontece comigo"

       "você não imagina o que me aconteceu..."

      "minha vida daria um ótimo livro",  etc e tal.

      Expressões como essas não são para qualquer um, só para quem tem muita história para contar, como eu. Eu faço tudo isso e muito mais, só não dou espaço porque sempre ajuda a manter a atenção do interlocutor e o alto nível da conversa, aliás do monólogo, pois como vocês sabem, eu sei muito e sei de tudo e sobre todos. Mas o que eu nunca entendi é por que não tenho muitos amigos...   Aliás nem amigos eu tenho, só conhecidos, ou por que será que meus amigos só saem comigo uma única vez e depois, nunca mais ?.

       Mas tenho algumas dúvidas... Será que quando eu morrer haverá pelo menos quatro amigos pra alçarem e baixarem meu caixão ? Será que sou egoísta ? Será que eu sou chato? Talvez tenha sido um exagero de sua parte pensar isso. Ou uma ironia ???.

    Esta é uma homenagem a um grande e imaginário amigo meu. Qualquer semelhança com os fatos reais é mera coincidência.

 
Versão para Impressão     



 Envie seu comentário abaixo
Nome: 
E-mail: 
Comentário: 
 Código de validação: 
73495
 
  FÁBULAS
CONTOS
CONTOS de FADAS
ARTIGOS
CRÔNICAS
  LENDAS
FOLCLORE
PARLENDA
TRAVA-LÍNGUAS
1001 PERGUNTAS
DiTADOS POPULARES
CHARADAS
PIADAS
MITOLOGIA GRECO-ROMANA
POESIAS
RELIGIÃO
BIOGRAFIAS
PARTITURAS
CANTINHO DO ALUNO
LOGIN / LOGOUT