OS TRES LEÕEZINHOS
Era uma vez, numa determinada floresta, uma leoa-mãe havia dado à luz 3 leõezinhos bem bonitinhos: O Rax, o Rix e o Rex. Um dia o macaco, representante eleito dos animais súditos, malandro e puxa-saco, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e...
 
Você é nosso visitante número:
Visitantes online
O melhor, mais ilustrado e completo site de fábulas e contos do mundo é brasileiro.
 

 

Evangelho de Marcos - Jesus Cristo, o Servo sofredor.

     O Evangelho de Marcos é um dos quatro evangelhos na Santa Bíblia e é o segundo livro em ordem cronológica apresentado no Novo Testamento. Marcos (João Marcos era o seu nome completo) era um amigo de Simão Pedro, um dos 12 apóstolos que seguiram Jesus Cristo durante o Seu ministério público na terra. Pedro foi o nome dado a Simão por Jesus pessoalmente (Marcos 3:16). Pedro era muito próximo de Jesus e depois da crucificação de Jesus na cruz romana foi um dos fundadores da igreja Cristã primitiva. Apesar do livro ter sido escrito por Marcos, acredita-se que os fatos aqui registrados são as narrativas de Pedro durante o seu ministério com Jesus. O consenso entre os estudiosos é que o livro de Marcos foi escrito entre 50 e 60 D.C. O autor é mencionado várias vezes no Novo Testamento, começando no livro de Atos, capítulos 12 e 13, em Colossenses 4:10 e finalmente em 2 Timóteo 4:11. O livro de Marcos foi provavelmente escrito na Itália, e talvez em Roma. Esse livro tem 16 capítulos e é o mais curto dos quatro evangelhos. No entanto, os detalhes dos eventos e milagres de Jesus nesse livro são consistentes com os outros três evangelhos: Mateus, Lucas e João.

O Evangelho de Marcos: O Esboço e a Estrutura
     O Evangelho de Marcos é dividido em sete seções que descrevem a vida e o ministério de Jesus Cristo. O primeiro capítulo começa com uma citação de Isaías, um profeta do Velho Testamento, e João Batista, o qual profetizou sobre a vinda do Messias. Esse capítulo também detalha o batismo e a tentação de Jesus. O começo da segunda seção do livro descreve o momento quando Jesus convida Simão Pedro e seu irmão André para fazerem parte do Seu ministério juntamente com mais dez discípulos (Marcos 1:14-20). Jesus começa a executar milagres durante a segunda seção do livro (veja Marcos 1:21), conhecida também como o seu Ministério Galileu pelo versículo 6:29. Seção três descreve a saída de Jesus e Seus discípulos da Galileia e o milagre de alimentar 5000 pessoas com cinco pães e dois peixes (Marcos 6:37-44). Esse capítulo também descreve o milagre de Jesus andando sobre as águas (Marcos 6:49), a confissão de Pedro de que Jesus era o Messias (Marcos 8:29) e a transfiguração (Marcos 9:2-5). Na última parte dessa seção, Jesus prediz Sua morte e ressurreição (Marcos 9:32). Seção quatro, começando com o versículo 9:33, cobre o período quando Jesus vai até Cafarnaum e prega aos Seus discípulos sobre quem é o maior (Marcos 9:36) e vários outros assuntos. Jesus então vai até a Judeia na seção cinco, começando com o capítulo 10. Lá, Ele ensina sobre vários assuntos, executa o milagre de restaurar a visão de um homem cego que demonstra fé (Marcos 10:52) e novamente prediz a Sua morte e ressurreição aos Seus discípulos (Marcos 10:33, 34). Capítulos 11 a 15 começam com sua entrada triunfal em Jerusalém montado em um jegue (Marcos 11:1-11). Em Jerusalém, Jesus ensina muitas lições ao responder várias perguntas, ao contar parábolas e ao dar advertências às pessoas. A Santa Ceia é mencionada várias vezes nos versículos 14:17-26. Jesus então é preso, julgado e
crucificado na cruz. A última seção do livro de Marcos detalha a ressurreição de Jesus Cristo do túmulo.

O Evangelho de Marcos: Qual a importância?
     O Evangelho de Marcos apresenta muito fatos e lições importantes. Primeiro, esse livro claramente estabelece que Jesus Cristo é o Messias profetizado no Velho Testamento. Segundo, esse livro prova que Jesus era o que clamava ser: o Filho de Deus que viveu uma vida sem pecado e perfeita. Terceiro, o Evangelho registra os milagres de Jesus sobre a natureza (acalmando a tempestade em 4:37-41; andando sobre as águas em 6:48-51; e a figueira cujas raízes secaram em 11:12-14). Outros milagres foram a cura de muitas pessoas, incluindo a sogra de Pedro (1:30-31), o homem paralítico (2:3-12), a mulher com hemorragia (5:25-29) e o mudo e surdo (7:31-37). Jesus também demonstrou poderes milagrosos sobre a morte ao ressuscitar a filha de Jairo (5:37-39). O fato mais importante no Evangelho de Marcos é a evidência de que Jesus Cristo venceu o poder da morte através de Sua ressurreição do túmulo. Ele provou que não há qualquer poder maior que Ele, que Ele tem a autoridade de perdoar pecados, e que Ele é o Único Filho de Deus. Por último, Jesus dá instruções perfeitas sobre como Deus quer que as pessoas vivam, respondam a circunstâncias difíceis e façam decisões sobre o futuro e eternidade. Alguns exemplos incluem ter fé (Marcos 2:5), substituir medo com confiança (Marcos 4:40), acreditar no poder de Deus (Marcos 5:36), seguir a Cristo (Marcos 8:35), compreender a vontade de Deus (Marcos 9:35) e sacrifícios (Marcos 10:21). Cada palavra falada e escrita nesse Evangelho pode ser aplicada à vida de uma maneira prática. Claro que um resumo desse Evangelho destaca apenas as partes mais importantes do texto atual e não pode servir como um substituto. Gostaríamos de encorajar você a ler o Evangelho de Marcos para aprender mais sobre Jesus Cristo.

 

 
Versão para Impressão     



 Envie seu comentário abaixo
Nome: 
E-mail: 
Comentário: 
 Código de validação: 
3509
 
  FÁBULAS
CONTOS
CONTOS de FADAS
ARTIGOS
CRÔNICAS
  LENDAS
FOLCLORE
PARLENDA
TRAVA-LÍNGUAS
1001 PERGUNTAS
DiTADOS POPULARES
CHARADAS
PIADAS
MITOLOGIA GRECO-ROMANA
POESIAS
RELIGIÃO
BIOGRAFIAS
PARTITURAS
CANTINHO DO ALUNO
LOGIN / LOGOUT